segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Retornando e pegando as rédeas de 2008

E estou de volta depois de um final de ano, pra variar corrido, mas muito alegre ao lado de familiares e amigos. Durante essa última semana de dezembro após o Natal, aproveitei para ler um pouco pois ultimamente não estava conseguindo. Com um pouco de paz e sossego em casa, peguei um dos livros que havia levado para casa para ler. Devorei o livro! Estava precisando disso mesmo. Ri o tempo todo com a personagem e, acho que adquiri algumas gramas pois, contagiada pela personagem, lia comendo...aliás, devorando salgadinhos e devorando a história que é muito hilária. Mulheres, leiam esse livro pois vocês se identificarão com a personagem central que é a nossa cara em muitos aspectos. Homens também estão liberados para se divertirem a valer com nossas (digo nossas pois me vi em muitas situações que a personagem) atrapalhadas e formas de pensar e encarar a vida. Segue abaixo uma sinopse da história.
Em 'Tamanho 42 não é gorda', Heather está no fundo do poço - perdeu seu namorado, nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, ganhou peso e só entra em roupas tamanho 42, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com suas economias - e seu agente! Até que, aos poucos, as coisas parecem que vão se ajustar. Ela consegue um novo emprego como inspetora em uma faculdade de Nova York e está feliz com seu novo manequim. Mesmo sem o glamour e glória dos dias de ídolo teen, tudo parece ter melhorado. Ou será que ela está enganada?

Nenhum comentário: