segunda-feira, 9 de junho de 2008

Uma leitura, várias experiências e emoções

Desde que esse livro chegou a biblioteca em que trabalho, que estava de olho nele e sabia já de antemão que iria me agradar. A sinopse que li sobre a história, a capa que achei bem interessante, as críticas nas revistas e jornais, tudo me agradava e me convidava a leitura. Mas, como já estava lendo outras coisas e, de repente, a lista de reserva começou a aumentar, decidi dar um tempo para depois ler com tranquilidade. Valeu a pena esperar. Quando finalmente chegou minha vez , me entreguei sem reservas e embarquei numa leitura inteligente, bem feita, criativa e com personagens encantadores. Durante a leitura vivi ao lado de Liesel, acompanhei suas aventuras, suas dificuldades. Conheci sua família, seus amigos, a situação política que a Alemanha atravessava e tive como grande companheira e contadora de história aquela personagem fantástica que me cativou desde a primeira linha narrada por ela própria. Nos capítulos finais, cheguei até a desacelerar a leitura para que o livro não acabasse logo e os personagens a quem tanto me afeiçoei fossem embora. Nos dois últimos capítulos então, foram só lágrimas derramadas. De verdade! Chorei pra valer! E quando li a última frase disse pra mim mesma:

- Que livro!!! Que história maravilhosa!!!! Amei! Amei! Amei!

Esse é o verdadeiro mundo e a verdadeira magia de um livro e sua leitura pessoal. É a capacidade que um autor tem em escrever algo que nos induz a variados sentimentos, experiências e reflexões que nos acrescenta sempre algo a mais. Você aprende a lidar com emoções, passa a refletir sobre os assuntos abordados, muitas vezes se espelha em situações que já vivenciou, aprende sobre história, lugares, culturas diferentes da sua enfim, ninguém sai de uma boa leitura da mesma maneira que quando a começou. Geralmente saímos mais enriquecidos. Podem apostar. Esta é minha indicação de hoje.

2 comentários:

Anônimo disse...

Anotada a dica...vendo suas dicas, penso o qto leio pouquissimo kkk Mas, tudo bem, o importante é ler, a qtde, depende de muitos detalhes

bjs
Neli

Sonhos & melodias disse...

Neli, você tem razão. Não importa quantos você lê e sim, o quanto você mergulha em cada leitura que faz. Volte sempre.
Bjs