terça-feira, 14 de abril de 2009

Parabéns Café!!!! - 14 de Abril : Dia Internacional do Café




Ai gentem!!!! Sei que o dia já está quase acabando mas infelizmente durante o decorrer dele não deu mesmo para postar isso que já estava planejando. Falar sobre algo que faz parte fundamental de minha vida que é TOMAR CAFEEEÉ! Pois é, sou uma caféinólatra (é isso ou eu acabei de bancar Guimarães Rosa e criei uma palavra nova?) assumida e, Santa Ignorância!!! Não sabia que minha bebida predileta tinha um dia para ser homenageada em âmbito mundial.
Pois é, logo que cheguei ao trabalho hoje e comecei a ler as notícias no UOL, me deparei com essa notícia e pensei: "Não posso deixar isso passar em branco. Preciso prestar minha homenagem a esse que me acompanha desde a hora em que acordo, até muitas vezes em que termino minha noite ao lado de amigo (s) tomando um "pretinho básico". Café, pelo menos para mim, é bom de qualquer jeito: puro, com leite, mocassino, em bolos, sorvetes, tortas, e tantas outras formas.
O café tornou-se um hábito pra lá de social em todas as partes do mundo. E, no Brasil, principalmente aqui em São Paulo, acredito que podemos elevar a cidade ao estatus de "Embaixada do Café" pois o paulistano é fissurado nessa bebida e você tropeça em cafeterias dos mais diversos tipos e para os mais variados bolsos. Lembro-me de que há mais ou menos uns dez anos atrás, quando fui passar minhas férias na Serra Gaúcha, fiquei desesperada pois não conseguia achar nenhuma cafeteria que fizesse espresso. Para o meu paladar que é exigente, o café tem de ser encorpado, extra forte e por lá só encontrava buteco com aquelas máquinas prálá de antigas que se fazia um café horrível. E ainda por cima, fraco e doce. Eca!!!! Ninguém merece!!! Amei a região, mas não me conformava de não conseguir tomar um café decente. Até que chegando a cidade de Gramado, finalmente encontrei uma cafeteria nos moldes daqui de Sampa e...para a alegria minha e de toda a galera da excursão, tinha café espresso!!!!!! Saí correndo para avisar a galera pois me encontrava só com minha irmã e, para alegria da proprietária, a cafeteria lotou de paulistanos sedentos por essa abençoada bebida!!! Após saciar nossa vontade, conversando com a dona, ficamos sabendo que ela também era paulistana (só podia ser né?). Obs: Antes que me corrijam, já verifiquei e é espresso com S mesmo e não com X. Lembrem-se Roseli também é cultura!!!!
Para fechar, encerro com esse poema que achei dentro de um livro sobre a história do café que ainda não conhecia e achei adorável.
O poeta Cassiano Ricardo, participante do movimento modernista, iniciado com a Semana de Arte Moderna, sintetizou todas as etapas do café, da plantação à xícara. Veja que interessante!


Moça tomando Café
(Cassiano Ricardo)


Num salão de Paris

A linda moça de olhar gris

Toma café.

Moça feliz!Mas a moça não sabe, por quem é,

Que há um mar azul, antes da sua xícara de café;

E que há um navio longo, antes do mar azul...

E que, antes do navio longo, há uma terra do sul;

E, antes da terra, um porto em contínuo vaivém,

Com guindastes roncando na boca do trem

E botando letreiros nas costas do mar...

E, antes do porto, há um trem madrugador;

Sobe-desce da serra, a gritar, sem parar,

Nas carretilhas que zunem de dor...

E, antes da serra, está o relógio da estação...

Tudo ofegante, como um coração

Que está sempre chegando, e palpitando assim...

E, antes dessa estação, se estende o cafezal.

E, antes do cafezal, está o homem, por fim,

Que derrubuou sozinha a floresta brutal,

O homem sujo de terra, o lavrador,

Que dorme rico, a plantação branca de lfor,

E acorda pobre, no outro dia (não faz mal...),

Com a geada negra, que queimou o cafezal.

A riqueza é a noiva (que fazer?),

Que promete, e que falta, sem querer...

Chega a vestir-se assim, enfeitada de flor,

Na noite branca, que é o seu véu nupcial;

Mas vem o sol, queima-lhe o véu,

E a conduz loucamente para o céu,

Arrancando-a das mãos do lavrador.

Quedê o sertão daqui?Lavrador derrubou.

Quedê o lavrador?Está plantando café.

Quedê o café?Moça bebeu.

Mas a moça onde està?

Está em Paris.

6 comentários:

Jack disse...

LIIII!
Criei um blog só com crônicas minhas!
Incentivada por uma maiga minha!Veja o 1º post: http://clicksno.blogspot.com/

oq acha?:D

Ps: parabéns Café, apesar de não gostar de vc hahahaha

A Palavra Mágica disse...

Obrigado Roseli, por mais esse ensinamento!

Belo poema do Cassiano Ricardo. Esse eu não conhecia.

Beijos!
Alcides

Daniel Savio disse...

Mas eu gosto de café fraco e docinho...

Hua, kkk, ha, ha, pior que é sério.

Fique com Deus, menina Roseli.
Um abraço.

Mírian Mondon disse...

Que lindo Roseli!
E eu nem sabia que existia um dia internacional do cafe :)
Fiquei com feliz com sua visita no
Tempos com Deus!
Abraços!

Neli disse...

MINHA BEBIDA PREFERIDA TAMBÉM...POSSO FICAR SEM NÃO kkk Gostei do ESPRESSO NÃO SABIA...VALEU A INFO KKK

BJS

Sonhos & melodias disse...

Jack, Alcides, Daniel, Mirian e Neli: Meus queridos, obrigada pela visita e espero que tenham realmente gostado do café aqui oferecido. Vai ao gosto do freguês: forte e encorpado, fraco e doce, com um pouco de leite, vale tudo!!! Ai Meu Deus, só de falar nele já dá vontade de tomar um...
Bjs