quarta-feira, 24 de junho de 2009

Hoje estou em estado de graça e porisso, divido com todos: balanço de vida

A data de hoje é muito especial para mim afinal, foi a data em que aportei nesse mundo de Meu Deus. Ao contrário de muitas pessoas, sempre fico feliz quando essa data chega pois tenho tanto a agradecer...muito mais do que a pedir. Nasci perfeita, saudável, tenho uma inteligência boa. Ganhei de brinde uma família linda e, tenho certeza, que me ama e me respeita. Amigos então, tenho alguns tão especiais que tornaram-se complemento indispensável em meu dia-a-dia. Trabalho em algo que me dá prazer e que me enriquece dia-a-dia. Viver cercada de livros dos mais variados assuntos é muito bom! Estou sempre acrescentando uma informação e um aprendizado a mais em minha cabecinha já tão cheia de coisas. Chegar aos 46 anos de vida! Caramba!!! Nunca imaginei que chegaria a essa idade! Quando novinha, imaginava pessoas com essa idade verdadeiros anciões. Está certo que nessa época, realmente as pessoas aparentavam e vivenciavam a vida com essa carga da idade mesmo. As mulheres já envolta com filhos, casa, preocupações domésticas que a absorviam de tal forma que envelheciam muito cedo. Aos 40 já aparentava, 60 ou até mais idade. Os homens então, nem se fala. No entanto hoje, ao me olhar no espelho, é claro que observo as marcas do tempo. Não tem como escapar delas, a não ser que você viva para consertar sua aparência. Mas o que vejo, é uma mulher jovial que trás uma bagagem imensa de experiências da vida mas que ainda tem muito por aprender. E quero aprender. E quero vivenciar ainda muitas coisas que ainda não aconteceram. Por outro lado, também não vou ficar me lamentando sobre aquilo que não se concretizar. tenho por hábito e até por instinto de sobrevivência, virar a página rapidinho quando vejo que dali nada vai sair.
Também tenho nesse decorrer de 46 anos errado muito, injustiçado muito, pisado na bola demais, no entanto, não tenho problema nenhum em reconhecer e pedir desculpas quando me conscientizo dessas "pisadas de bola". Chorei muito pouco, dei risadas demais, gargalhei muito. Sou otimista por natureza mas, como toda boa canceriana, as vezes me pego num mau humor que nem eu me aguento. Affê!!!!
Quando me ganham a confiança, pode apostar que terá minha amizade pro resto da vida. Contudo, se quiser me sacanear, faça bem feito pois do contrário, se descubro ou desconfio, acaba ali mesmo. Não sou de brigar, detesto cenas mas esfrio de uma tal maneira que me afasto e nunca mais me aproximo da pessoa. Também não sou de guardar mágoas. Isso faz um mal!!!! E como só quero o melhor para mim, jogo fora tudo aquilo que não me serve mais ou me causa malefício. É claro que nem sempre é fácil fazer isso. As vezes, as pessoas nos machucam de tal forma, que a cicatrização demora a acontecer. Mas como tudo na vida, isso também passa. É só ter paciência e isso, eu tenho de sobra. Enfim, já falei demais e disse quase nada. Mas hoje, quando acordei me veio imediatamente a imagem da Fênix da mitologia e todo o seu significado que sempre renasce das cinzas. Me sinto exatamente assim: renascendo a cada manhã. renovando meu espírito, meus sentimentos, minhas concepções de vida, minhas emoções.
E também não posso me esquecer dos amigos que fiz aqui, através dos blogs. Vocês hoje habitam um pedacinho muito especial em meu coração viu? É isso gente. Um balanço de vida, um momento de reflexão e um momento principalmente de agradecimento à Deus, à meus pais queridos, pelo dom da vida que pra mim é o tesouro maior que recebemos. Aproveito para oferecer à todos um pedacinho de bolo. Olha, tá uma delícia!!! Não demora muito que já, já está acabando.

5 comentários:

Neli disse...

Oi de novo!!! Parabéns mais uma vez e muita coisa no seu texto, acredito tb. Outro dia minha sobrinha me disse que eu sou tranquila e ai eu disse, não sou exercito, tenho exercitado a paciencia, a bondade, é a bondade é um exercício, acredito que está em nós, mas de qualquer maneira temos que treinar, mas ai completei mais não sou otária kkk. E aprendi tb que magoa só faz mal a quem se ressente dela.Essas descobertas só mesmo o tempo né? kkk
Beijos e mais uma vez felicidades!

Meus momentos.... disse...

Rô, confesso sou sua fã...rs Vc escreve pra caramba, essa homenagem pra vc mesma ficou divina... Parabéns! E seu blog está show de bola, esta perfeito, lindo, limpo e interessante. Congratulations!..hehehehe. Beijos Amiga! E obrigada por visitar meu singelo blog...rs

Marina Gomes disse...

Primeiramente meus parabéns, delcupe me pelo atraso, mas é de coração. Desejo felicidades, paz e todos aqueles clichês ... mas desejo também que você continue assim, sua personalidade me admira e quando li seu texto, por uns momentos achei que você estivesse falando de mim, muitas coisas em comum, acho que é por isso que gosto tanto daqui... mas tem muitas coisas que ainda pretendo ser.
A respeito da idade, estava comentando ainda ontem aqui no escritório, que alguém com 40 anos antigamente era visto como idoso, hoje já é bem diferente, aos 40 a vida está só começando... não é?
Beijos, parabens pela garra!
Abçs.

Teresa disse...

Roseli
Que bom ver uma mulher de bem consigo mesma e com a vida!
Parabéns! (com um bocadinho de atraso, mas pronto!)
Teresa

Sonhos & melodias disse...

Oi Neli, é amiga não é fácil mas exercitar nossa paciência e tolerância é algo que nos faz melhores do que fomos no passado. Está no caminho certo.
Ah Cli, obrigada amiga mas seu espaço também é lindo!! Venha sempre por aqui.
Marina, obrigada pela visita. Que bom que gostou do texto. Procuro sempre por um pouco de mim neles. Volte sempre.
OI Teresa, não é fácil ser de bem com a vida com tantas coisas ruins acontecendo ao nosso redor. Mas, tenho pra mim que felicidade é um estado de espírito e uma filosofia de vida. Quero ser feliz e ponto final. Adorei sua visita, Volte sempre.
Beijos a todas