segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O riso tem endereço certo

(Foto de Lenise Pinheiro retirada do blog dos Parlapatões)
O final de semana estava se aproximando e já estava triste pois não iria assistir a nenhum dos shows que estariam em cartaz entre sexta e domingo. Motivo: grana!!! Mardita verdinha que imperra nossa vida! Fazer o que né? Quem mandou nascer pobre. Mas, eis que minha irmã assistindo o programa Metrópolis, na TV Cultura, resolve ligar e participar respondendo a uma pergunta que os apresentadores haviam feito durante a programação. A danada acertou e como foi uma das primeiras a ligar e acertar, ganhou um par de ingressos para uma peça de teatro. Oba! O final de semana estava salvo! E lá fomos nós, no sábado a noite para assistir a tal da peça.

Gente! Me diverti muito,mas muito mesmo! E, como sempre que gosto procuro divulgar afinal, o que é bom tem mais é que ser visto por todos mesmo. Aqui fica minha dica de pura diversão na forma mais antiga e tradicional: teatro. A peça chama-se O papa e a bruxa. Texto original de Dario Fo.
Estressado com a agenda do dia, na qual constam, entre outros compromissos, uma coletiva de imprensa e uma bênção para 100 mil crianças de países do Terceiro Mundo, que ele teme sejam abandonadas aos cuidados do Vaticano, o papa sofre uma daquelas “travadas” na coluna. Torto, sem conseguir se mexer, só quem consegue curá-lo é uma curandeira de origem africana.
A partir daí, é muita risada garantida e através do humor inteligente, muita crítica não propriamente à religião mas sim, a manipulação existente não só na religião católica , como também nas demais. Sobra críticas aos políticos corruptos, aborda as drogas, ao celibato e a outros temas polêmicos. A atuação dos atores é impecável! O timing humorístico de todos e os cacos colocados de improviso são magníficos. O que enriquece ainda mais a peça do escritor italiano. Saí de lá totalmente feliz, de alma lavada, num astral pra lá de bom. E mais uma vez comprovei que o riso é o melhor remédio. Sem dúvida. Quanto ao grupo que encena essa peça, eles dispensam qualquer apresentação mas, de qualquer maneira, vale a pena falar um pouco deles e de sua trajetória. Parlapatões. Já ouviram falar deles? Não, não são os Parlapatões da fala infeliz do digníssimo senador Fernando Collor (eca!!!) mas sim, o grupo teatral que já está na estrada há quinze anos e que tem encenado importantes peças. Saiba mais
O papa e a bruxa
Direção de Hugo Possolo
Sextas às 21h
Sábados às 19h e 22h
Domingo às 20h
* E de sexta tem promoção, apenas R$ 15,00.
Espaço Parlapatões
Praça Franklin Roosevelt, 158 - São Paulo

4 comentários:

Renata disse...

Olá!!1Obrigada pela visita...gostei muito do seu blog, já to seguindo...valeu pela dica
beijos

Luma disse...

Mas que sortuda sua irmã!! Salvou o fim de semana!! Vamos ver se a peça vem para o Rio - Vou indicar para amigos de Sampa! Beijus

Sonhos & melodias disse...

Valeu Renata!
Bjs

Sonhos & melodias disse...

Oi Luma, que bom te ter por aqui! Aparecendo por ai, assista sim que vale a pena.
Bjs