quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Briga entre vampiros

(Imagem retirada do Google imagem)
Isso ainda vai dar o que falar!! Mas, quem sai ganhando são os leitores.
(Notícia retirada do PublishNews, 30/09/09)
O sucesso da série Crepúsculo fez dos vampiros estrelas do pop, mas esse reino das trevas moderninho pode ter seu equilíbrio abalado por uma polêmica entre duas de suas matriarcas. Autora da série Diários do vampiro, a americana L. J. Smith acusa de plágio Stephenie Meyer, responsável pela febre vampiresca atual. Smith diz que Meyer chupou vários ingredientes de suas histórias. O primeiro volume de Diários... foi lançado no Brasil em agosto, pelo selo Galera Record. Os outros deverão sair nos próximos meses e, ano que vem, haverá uma reedição da série Night world, da qual a autora diz ter saído boa parte do recheio de Crepúsculo. “Eu desafio Stephenie a um debate público pela web. Quero ver como explica todas as similaridades. Aos 35 anos, Meyer já vendeu 77 milhões de exemplares dos quatro títulos de sua série. O curioso é que, não fosse esse sucesso, a própria Smith não estaria de novo sob os holofotes. Atrás de respostas para as acusações, a Megazine procurou a Intrínseca, responsável pelos livros de Meyer no Brasil. A editora contatou o escritório americano da autora, mas não obteve retorno e preferiu se abster. Saiba mais

2 comentários:

Daniel Savio disse...

Mas dá para fugir da formula quando se trata de vampiros?

Pois são seres que vivem para sempre que tem um fardo de mergulhar as pessoas que eles gosta na mesma maldição que eles tem, quando não, sucumbir a fome e matar a pessoa amada...

Fique com Deus, menina Roseli.
Um abraço.

Sonhos & melodias disse...

É verdade Daniel. Mas para nós, leitores, o que importa é a qualidade na narrativa. Sendo boa, leio com prazer.
Bjs