quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Eu leio, tu lês, ele lê


Final de ano chegando e a biblioteca tem uma procura anormal por livros para se ler nas férias. Professores, alunos, pais de alunos, pessoal do administrativo enfim, todos que poderão ler aquilo que gostam nos momentos de lazer . Isso é muito bom pois torna-se um parâmetro que nos dá o real resultado de que as pessoas têm lido mais ultimamente. O que mais me encanta, é saber que os adolescentes andam a procura de leitura. Motivados por vampiros, seres paranormais , lobisomens, ou pelos bruxos e demais personagens que movimentam e dão vida às histórias de Harry Potter, fui testemunha de que, quando os adolescentes têm algo que os estimulem a ler, eles leem mesmo. Aqui na biblioteca está uma disputa por esses livros e o que é mais gostoso de se ver e ouvir, é o brilho nos olhos e a conversa animada sobre os personagens desses livros. Meninas falam sem parar e com um entusiasmo anormal sobre o gato do momento Robert Pattinson. Tempos atrás era sobre o Daniel Radcliffe. É as coisas mudam...mas voltando ao que falava, ontem mesmo lia sobre o resultado da pesquisa que se fez sobre a leitura no país e constatou-se que o brasileiro lê um livro por ano. Humm, pensei com meus neurônios. Tudo bem que o país é um continente mas, daí a falar que o brasileiro lê só um livro por ano...Sei lá. Compreendo que vivendo em São Paulo, tenho uma visão diferente disso pois vejo diariamente pessoas lendo por toda parte. Bares, lanchonetes, cafeterias, ônibus, metrô, trem, fila de banco, fila do INPS, parques públicos...enfim, por aqui há muitos leitores que leem muito mais que um livro por ano. Da mesma maneira sei que há leitores vorazes no Rio, Minas e outros estados. Bom, como sempre, fico com o pé atrás com relação a essas tais pesquisas. Tenho consciência de que há muito ainda por fazer sobre a formação do leitor no Brasil, mas também sei que já caminhamos de forma significativa. Procurem visitar as livrarias em qualquer horário e dia da semana. Quando li sobre essa tal pesquisa e vi que o Brasil ficou atrás até mesmo da Colômbia, de imediato pensei: Caracas! Estamos mal na fita! Contudo, pensando melhor sobre o assunto, observei o seguinte: não dá para se comparar um país do tamanho da Colômbia com o nosso. Aqui no Brasil, há muitos Brasis, concordam? Será que estou falando muita asneira? Estarei reduzindo o problema? Não sei. Em todo caso, ando bem satisfeita com o que ando vendo por aí. Acredito mesmo que com todos esses projetos de leitura espalhados por toda parte, daqui um tempo veremos seus frutos. É esperar pra ver: Brasil, um país de leitores.

Nenhum comentário: