quarta-feira, 10 de março de 2010

Editora Penguin quer reinventar livro eletrônico

(Notícia retirada do Publishnews, 10/03/2010)
Com a aproximação do lançamento do iPad, em 3 de abril, a editora Penguin apresentou planos para transpor suas obras para o computador com tela sensível ao toque da Apple. E eles são audaciosos: a editora pretende reinventar os livros, acrescentando a eles recursos interativos, áudio, vídeo, mapas e comunidades virtuais de leitores que giram em torno das obras. Segundo o executivo-chefe da Penguin, John Makinson, a editora criará grande parte de seu conteúdo digital em HTML (linguagem para escrever páginas da internet) em vez do formato ePub, usado nos livros eletrônicos tradicionais. "A própria definição de livro está aberta", afirmou Makinson. Os blogs especializados em tecnologia se dividiram entre os animados com as novas possibilidades e aqueles preocupados com a deturpação do conceito de livro.
Veja o vídeo de apresentação:



2 comentários:

Daniel Savio disse...

Interessante os dois post, pois o PorraMauricio é algo que indiretamente dá fama ao Mauricio, pois se alguém critica as tirinhas, com isto vai procurar os furos para zoar.

Na verdade, está mais com cara de aplicativo que vai roda do leitor de livros digitais.

Fique com Deus, menina Roseli Pedroso.
Um abraço.

O Profeta disse...

Imagino o canto maternal das baleias
Como doce e sentida balada
Imagino um beijo na procura
De uma fugidia criatura amada

Um domador de ventos e tempestades
Uma viagem de aventuras repleta
Serei eu um herói de comédia de enganos?
Ou apenas um pobre e louco poeta

Doce beijo