domingo, 3 de outubro de 2010

Pronto. Cumpri com minha obrigação

A sorte ou o azar está lançado. Todos os anos em que se tem eleições procuro ir bem cedo, logo no primeiro horário mas hoje, confesso que protelei o máximo que pude. Preferi dormir até mais tarde, depois decidi que iria almoçar primeiro e só mais tarde é que tomei coragem e rumei para o colégio onde voto que fica a poucos metros de onde moro. É impressionante dizer que votei rapidamente e sai mais rápido ainda pois não via motivação para permanecer por lá mais tempo do que o necessário. Desconfio que esse sentimento não era somente meu pois todos entravam com semblante grave e saíam rapidinho. Em outros anos, fica a maior social entre os corredores, na portaria pois pessoas que se conhecem de longa data, as vezes só se encontram nessas ocasiões e aí, tem oportunidade de saberem como andam, o que tem feito e por aí vai. Dessa vez as pessoas passavam batido, saindo do colégio sem causarem muvuca nenhuma. Estava até relativamente tranquila a região. Agora, é esperar para ver. Sinceramente espero que pior não dê para ficar. Só que bem lá no fundo, eu sei que pode ficar bem pior sim. Mas, vamos ser otimistas.

4 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Cada vez mais caí a ficha de que nada vai mudar, porque são os mesmos lá, só mudam de cargo. Ou seja, a mesma peça, os mesmos personagem, só muda quem interpreta.

Meio desanimador...

Beijocas

Pedrita disse...

eu fiquei satisfeita com o candidato q votei, na verdade com os candidatos q votei. alguns realmente estava satisfeita. mas não sei se meu voto vai significar alguma posse. e isso entristece. tenho receio dos rumos se os candidatos q imaginamos sejam eleitos. beijos, pedrita

Bia Bernardi disse...

É triste ter que olhar para aquela telinha, para os muros cheios de papel colado, patra o chão das ruas, inundadode folhetos e perceber que não há ninguém que seja realmente merecedor de estar lá.
Minha mãe uma vez disse: "Não adianta mudar as moscas se a emrda continuar a mesma".
E não é que ela tava com a razão?

Bêju

Francy´s Oliva disse...

Otimismo é tudo, não gosto de falar de politica, mas também espero que fique melhor. Bjs