quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Retornando lentamente

Ando tão distante daqui. E tenho sentido muita falta de escrever. Mas desde que voltei de férias que minha vida está uma correria só. No trabalho, mudanças significativas que me tomam o dia inteiro e meu cérebro está inchado de tanta informação. Isso dá um cansaço absurdo que me tira toda a energia para se ler e escrever. Meus livros estão parados, juntando pó só no aguardo dessa leitora relapsa. Meu quarto e principalmente meu guarda roupa está uma zona total. Dá até medo de abrir suas portas. Todo dia abro e falo mentalmente: "Esse final de semana eu juro que dou uma ordem aqui". Mas, entra final de semana e saí final de semana, e ele continua na mesma. Quer dizer, na mesma não. Pior. Tenho chegado em casa a noite um trapo humano e mal tenho tempo de comer algo e logo quero mais é minha cama pra repousar esse velho esqueleto. Ando me sentindo o próprio personagem do filme Feitiço do tempo acordando todos os dias no mesmo horário e tendo a mesma rotina. Preciso urgentemente quebrar esse feitiço e iniciar coisas novas em minha vida. Caso contrário, vou morrer de tédio. Mas já sinto-me aliviada por postar pelo menos esse pequeno desabafo. Já andava em cólicas por não escrever nada. Até a próxima.

3 comentários:

Bruno Negromonte disse...

Estava com saudades de suas postagens! Torço para que em breve você consiga regularizar esse caótica rotina(segundo seu relato) nos últimos dias!

Beijos sonoros!!

Pedrita disse...

aqui anda agitado tb. beijos, pedrita

Georgia disse...

Estava com saudades de vc.

Beijos