quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Meme Literário de um mês 2011 - Dia 5


Você costuma abandonar a leitura de um livro?

(Você está no meio da leitura de um livro, só que está odiando. É chato, sem graça, mal escrito… O que faz? Larga-o na mesma hora ou persiste até o final?)

Quem já não o fez que atire a primeira pedra (risos). Pois é pessoal. Eu também já deixei vários livros largados pelo caminho por não me prenderem a atenção, por achar a história chata, por não me identificar com a maneira da escrita do autor e por aí vai. Exemplos? Vários. Mas posso citar alguns. Na década de oitenta ouvia o pessoal falar demais de um certo autor que ainda não conhecia nada. Seu nome? Paulo Coelho. De tanto ouvir comentários sobre como seus livros eram legais, eram ótimos etc, fiquei curiosa em conhecer um livro dele. Ao chegar na Bienal daquele ano, vi uma movimentação enorme num estande de uma editora e curiosa, me aventurei a saber quem era e lá estava o homem em carne e osso. Acabei por comprar o livro que ele lançava Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei.
Eu também chorei. E não foi de emoção não! Achei o livro chato e me desencantei com o autor. Nunca mais li nada dele. Não quero dizer com isso que não aprecie sua obra e sua importância para a literatura brasileira mas não faz meu estilo de leitura. Tenho diversas amigas que curtem demais seus livros e já tentaram de todas as formas me convencer a ler outros livros dele. Não dá. Não me animo. Outro que também tentei diversas vezes ler e não consegui chegar nem na metade do livro é José Saramago. E tem também o autor italiano Ítalo Calvino que tentei ler e não passei da página cem. As vezes ocorre que não é o momento para determinada leitura então desencano e uma outra hora, se sinto vontade, retomo e termino de ler aquele livro largado pelo caminho.
Esta postagem faz parte da blogagem coletiva promovida pelo blog Happy Batatinha

3 comentários:

Reiner disse...

Olá Roseli,

Também não gosto muito do Paulo Coelho, tentei ler o Alquimista, mas nem passei da página 10 (nem considero como um abandono hehehe).

Gostei das respostas do meme, vou acompanhar \o/

Luciano A.Santos disse...

Roseli,

Paulo Coelho é um caso ímpar: detestei Veronika Decide Morrer, e amei O Alquimista. Mas as vezes não dá mesmo, a leitura não vai. Bem que tento largar no meio, mas por mais que tente não consigo, tenho que terminar. Nem sempre ale a pena.

Beijos.

Bruno Negromonte disse...

Realmente Roseli, isso acontece com quase todo mundo... e por ironia me aconteceu também com o Paulo Coelho... outro caso ocorrido comigo foi com outro Paulo, o Freire e o Pedagogia do oprimido... Freire até que superei e posteriormente li alguns livros dele, mas o Coelho não...
Beijos sonoros!