quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Desafio "15 minutos todo dia" - Dia 3


Sempre tive comigo que o pensamento nos leva longe. Talvez até por isso sempre viajei e muito na minha imaginação. Mas foi somente depois de adulta que comecei a ler e a buscar informações sobre o poder da mente e seus benefícios. Gosto do tema e costumo ler sempre revistas e artigos sobre neurociência. Por outro lado, apesar de gostar e muito desse lado científico, também tenho um lado místico e espiritualista que sempre buscou respostas para inúmeras questões dessa vida e talvez de outras. Creio no poder do pensamento bem direcionado e isso inclui as preces e orações. Toda essa introdução é para dizer que tirei o dia de hoje para ficar em constante mentalização benéfica por uma pessoa que amo muito. Quero o melhor para ela e, se depender de mim, ela será sempre feliz e realizará tudo o que almejar. Mas tenho consciência de que na vida as coisas não seguem sempre como queremos. De qualquer forma, vibrar, mentalizar, meditar sobre algo bom, positivo seja direcionado a uma só pessoa ou a toda a humanidade, sempre será algo que nos retorna como bônus de prazer e satisfação pessoal. E como topei o desafio dos 15 minutos, esse foi meu lema para o dia de hoje. Ontem, mentalizei e homenagiei os que já partiram. Hoje, tirei o dia para me dedicar de corpo e alma a essa pessoa linda que tanto amo. E se o amor faz milagres, sei que o meu já está garantido. Desde já sinto-me irradiando amor puro, pleno e sei que seus raios estão chegando ao objetivo traçado que é envolver, amparar e dar forças. Se todos, independente da crença religiosa que segue, tirar alguns minutos por dia para fazer esse momento de vibração e doação de seu amor por aqueles que amam e necessitam de ajuda, faremos desse mundo um lugar bem melhor para se viver. Isso é atitude. Isso é amor. E doação de amor é o que nosso planeta mais necessita nesse momento.
Esse texto faz parte da blogagem promovida pelo blog Escritos Reunidos da Juliana.
Para saber mais e participar entre aqui

Nenhum comentário: