quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Agonia de uma leitora

Após almoçar, sentei-me ao sol num banco de praça e mergulhei na leitura do último livro da série A Mediadora, de Meg Cabot. Falta tão pouco para terminar e não consigo. Aghh! Não por ser uma leitura desinteressante. Não! Não! Muito pelo contrário! A aflição toma conta de meu ser porque quero acabar! Mas sempre sou interrompida. Seja por pessoas que param e pedem informação, ou porque um carro passou xispando com seu motor envenenado e me tira a atenção da leitura, ou porque uma criança de colo começou a chorar e sua babá não sabe o que fazer. Quando me envolvo numa leitura, assim como quando assisto a um filme em DVD, gosto de silêncio. Sem interrupções. É certo que muitas vezes leio numa boa dentro do transporte coletivo lotado. Mas tem momentos que a gente deseja o silêncio absoluto por companhia.
Ainda não foi desta vez.
Quando olho o relógio, já está na hora de voltar para o trabalho. Sempre o bendito senhor de meus dias! Escrava das horas como todos nesse mundo, fecho o livro amargando não ter aproveitado a leitura como gostaria.
Volto pra realidade.

3 comentários:

Pedrita disse...

livro q eu gosto eu fico economizando. eu tb terminei uma leitura essa semana e acabo de comentar no blog. agora já comecei outro. beijos, pedrita

Cristiano Marcell disse...

Tranque-se num cômodo e não o abondone até devorá-lo totalmente!

Muita paz!

Luciano A.Santos disse...

Roseli, detesto ler com barulho ou qualquer coisa que me tire a atenção ao redor, não dá, não consigo me concentrar, por isso que nem anod com livros na mochila, só serviriam para fazer peso, rsrs.

Grande abraço.