domingo, 29 de abril de 2012

Sumiço justificado

Com tantas atividades paralelas ando em falta por aqui. E isso tem me deixado um pouco chateada pois sempre gostei de escrever e interagir com meus colegas da blogosfera. Quase não tenho tido tempo pra visitar os blogues que sigo e isso pode soar como desinteresse. Mas não é. E vou explicar o que anda acontecendo. Desde que fiz o curso de criação literária tenho me envolvido bastante com o meio literário e isso é mais do que normal. Tenho conhecido pessoas legais que têm o mesmo interesse que eu, temos trocado ideias e desenvolvido propostas. E isso toma um tempo da gente que, vamos combinar, já não é muito. Por outro lado, na empresa estamos impossibilitados de acessar qualquer rede social e isso inclui também os blogues. Isso tem me deixado bastante chateada pois apesar de acessar meus blogues, facebook e twitter, jamais deixei de lado meu trabalho. Tanto que sempre está em dia. Mas, se é política da empresa, tenho mais é que ficar quietinha e obedecer. Por outro lado, chegando a noite em casa já estou tão cansada que francamente, fico com uma certa preguiça em ligar meu computador e trabalhar um pouco por aqui. Fora que minha família também exige minha atenção. Enfim galera, tá difícil! Mas tenho algumas novidades boas pra comunicar por aqui. Uma das boas notícias é que o grupo ao qual faço parte Coletivo Claraboia está caminhando muito bem e já participamos com sucesso do primeiro sarau literário no Espaço Mundano dramatizando nossos textos. O evento foi um sucesso!
Outra novidade é que em breve, por volta do final de junho, terei um conto meu fazendo parte de uma coletânea de contos portugueses. O nome do livro é Corda Bamba e esse livro será lançado pela Pastelaria Studios Editora
E ando escrevendo bastante: contos, crônicas e preciso dar uma guinada e desenvolver meu romance que está parado. Enfim pessoal, é isso. Aos poucos vou colocando as novidades e conto com o apoio e o carinho de todos que passam por aqui.

2 comentários:

Cristiano Marcell disse...

Prezada Roseli, boa noite!
Notei que você está lendo "Oficina de escritores". Eu já o li, gostei, contudo ele me passou a ideia de que deveria servir também de livro de consulta, pois nos direciona a escrever exemplicando com a experiência de muitos! Discutamos, sem querer parecer deselegante, depois sobre a obra.
Além de mim, não sabia de mais alguém que tivesse folheado essas páginas.

Muita paz!

Pedrita disse...

tb não entendo essa política de impedir a interação e o conhecimento. beijos, pedrita