quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Meme Literário de Um Mês 2012 - Dia 17

Dia 17 – Na sua opinião, qual é o propósito da literatura? Entreter? Educar? Ampliar horizontes? Fale um pouco sobre isso.

Para mim a literatura engloba tudo isso. Ao ter contato com ela, a gente se encanta, se espelha, reflete sobre muitos assuntos ao qual nos identificamos. Nos educamos também afinal, quantas vezes nos deparamos com situações na história em que captamos que estamos errados e a partir daí, passamos a agir de forma diferente. Quando li os livros de Irvin D. Yalom ampliei e muito meus horizontes mentais e psicológicos. Aconteceu o mesmo quando li os livros de Jorge Bucay De olhos abertos e Quando me conheci. São livros que abordam a psicanálise de uma forma romanceada mas que trabalham nossas emoções e como lidamos com ela. Achei isso fantástico! Outro bom exemplo: Quando li O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder, era uma nulidade em filosofia e sua história. Tive através dessa linda história uma verdadeira aula de filosofia! Coisa que passou bem longe das minhas minguadas aulas de filosofia que tive na faculdade. Isso significa que através da literatura se pode sim, aprender, se educar, ampliar seus horizontes. Basta querer e se abrir também para tudo isso. Afinal, você tem a escolha nas mãos: ser um leitor ávido por conhecimento, aberto a todas as oportunidades de crescimento ou simplesmente ser um leitor ligado no automático que passa os olhos pelas letras não assimila nada da história e já no momento seguinte ao fechar o livro, passar uma borracha em tudo e esquecer.

Esse texto faz parte da blogagem coletiva promovida pela Tabata do blogue Happy Batatinha

Nenhum comentário: