terça-feira, 6 de novembro de 2012

Assuntos psicanalíticos, ideias, futuros projetos


Já tinha visto publicidade sobre a série, já tinha lido a resenha da Pedrita, do blogue Mara Hari e 007 e, coincidentemente ou não, ao passar o final de semana na casa de meu irmão em Sorocaba, não é que assisti a toda primeira semana da série? A-DO-REI! Quero mais!
Estou falando da série brasileira Terapia, dirigida por Selton Mello que está sendo transmitida pelo canal GNT.
Já há um certo tempo venho me interessando cada vez mais por essa temática. Leio constantemente a revista Mente & Cérebro que aborda temas de psicologia, psicanálise e neurociência. Tudo o que envolve o emocional me chama a atenção. Gosto de estudar e analisar comportamentos, personalidades, distúrbios. Afinal, é a soma disso tudo que nos faz ser seres humanos. É uma riqueza e tanto que vale a pena ler, estudar, assistir. Cheguei a falar aqui no blogue sobre minhas leituras do psicanalista Irvin D. Yalom e do quanto gostei de seus livros. Também já falei sobre os livros que li do psicólogo argentino Jorge Bucay. E, bem recentemente, iniciei meu tratamento para tentar me conhecer melhor e resolver algumas (na realidade muitas) questões em minha vida. Sei que será um longo percurso pois ninguém decifra-se a sí mesmo em um mês ou dois. Levamos uma vida inteira para criar bloqueios, levantar barreiras, criar personas e esconder o que há de mais podre em nosso ser debaixo do tapete. Sei também que apesar de todo meu entusiasmo inicial com o tratamento, terei dias em que vou desejar sumir do sistema solar ou matar minha psicanalista. Coitada! Tenho consciência de que enfrentarei monstros horríveis que habitam meu interior mas, de qualquer maneira, estou literalmente pagando pra ver. E como minha forma mais visceral e automática de tratar qualquer assunto é mais escrevendo do que falando, está brotando uma ideia ainda pequenina mas bem forte em escrever algo com essa temática. Lógico que não será cópia da série, afinal, ela por si só já é excelente então, não precisa de cópia. Mas estou já idealizando algo com essa pegada psicanalítica. talvez saia apenas um contos, talvez uma novela...quiça, visualizando mais longe, um romance. Em breve, darei mais informações conforme for escrevendo e idealizando melhor personagens, cenários, situações. Ai! Já estou me empolgando a beça!  

2 comentários:

Georgia Aegerter disse...

Tô doida pra ver. Será que já tem no you tube?


Bjos

Pedrita disse...

q bom q está gostando. na segunda semana eu me incomodei com os equívocos q ferem a ética dessa profissão e não vi mais. e tb atrapalhava bastante. mas é muito bem realizada, edição, texto, elenco. beijos, pedrita