domingo, 16 de junho de 2013

Os olhos falam e guardam muitos segredos...

Ontem a noite estava de bobeira em meu quarto após um dia exaustivo quando decidi assistir a um filme em DVD. Tenho vários aqui em minha estante que ainda não assisti. Procurando algo diferente, me deparei com um filme que há tempos tenho aqui e ainda não tinha visto. Pôxa, é de um ator que adoro, que admiro muito então optei por ele. Não me arrependi! Que triller! Que história! Que interpretações! Que direção maravilhosa! E mais uma vez comprovei o talento dele, Ricardo Darín.
O segredo dos seus olhos, filme que teve indicação e premiação do Oscar de melhor filme estrangeiro com direção de Juan José Campanella. Co-produção Espanha e Argentina conta a história baseada no livro La pregunta de sus ojos, de Eduardo Sacheri.

Direção: Juan José Campanella
Elenco: Ricardo Darín, Soledad Villamil, Pablo Rago, Javier Godino, Guillermo Francella
Gênero: Drama policial

Sinopse: Benjamin Esposito (Ricardo Darín) se aposentou recentemente do cargo de oficial de justiça de um tribunal penal. Com bastante tempo livre, ele agora se dedica a escrever um livro. Benjamin usa sua experiência para contar uma história trágica, a qual foi testemunha em 1974. Na época o Departamento de Justiça onde trabalhava foi designado para investigar o estupro e consequente assassinato de uma bela jovem. É desta forma que Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rago), marido da falecida, a quem promete ajudar a encontrar o culpado. Para tanto ele conta com a ajuda de Pablo Sandoval (Guillermo Francella), seu grande amigo, e com Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil), sua chefe imediata, por quem nutre uma paixão secreta.

O filme prende do início ao fim nos surpreendendo com o final. Um filme policial dos bons em que cada detalhe te faz pensar e te dá pistas que sempre te levam a coisas inexistentes mas que no final tem sua razão de ser. Adoro isso!! Mais uma vez comprovei a superioridade do cinema argentino que tem  nos proporcionado grandes filmes. Na minha opinião, a produção só pecou na caracterização dos personagens mais velhos após passar 25 anos. Mas de resto, é diversão e filme de qualidade com excelente roteiro, direção e interpretações de primeira. Se já assistiu, vale a pena rever. Se ainda não conhece esse filme, assista!

Um comentário:

Pedrita disse...

acho que esse eu não assisti. beijos, pedrita