quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Quando ser fruta dá pé!

Hoje pela manhã logo ao ligar meu computador, entre tantas notícias de tragédias, corrupção, espionagem, futebol, dou de cara com a seguinte notícia:

Mulher Pera vira apresentadora e cantora infantil, e quer esquecer o passado sensual: ‘Estou arrependida e envergonhada’ 

Que data é hoje mesmo? 11/09/2013.
Pensei com meus parcos e soltos botões de minha camisa: 11/09 é uma data trágica mesmo!
Data em que aconteceu uma das maiores tragédias da humanidade onde muitas vidas foram ceifadas de forma violenta. E também hoje, fico sabendo que uma das tantas frutas que andam balançando por aí pelas TVs abertas da vida, se transformará na futura babá oficial de nossas crianças!
Meus olhos saltaram da órbita ao ler essa chamada e tive que reler mais vezes para entender que não era primeiro de abril.
Nossa sociedade anda realmente com sérios problemas a resolver! Não sou saudosista - pelo menos não doentia - mas Ai que saudade de minhas babás da infância! Lá atrás nos primórdios da TV, assistia algumas tardes o programa do Pururuca e Torresminho acompanhados de bons e divertidos desenhos da Hanna Barbera. Um pouco mais tarde passei a ver Globo Cor Especial que amava a começar pela musiquinha de abertura. Alguém de vocês se lembram? Cinto de inutilidades, composição de Nelson Motta, Marcos e Paulo Sergio Valle. Só por essa informação sobre quem foram seus compositores já dá pra perceber a diferença dos dias atuais.

“Não existe nada mais antigo / do que caubói que dá cem tiros de uma vez / A vó da gente deve ter saudade / do Zing! Pow! / Do cinto de inutilidades / No nosso mundo tudo é novo e colorido / Não tem lugar pra essa gente que já era / Morcego velho, bang-bang de mentira, vocês já eram / O nosso papo é alegria!”.

Passei boa parte de minha infância cantando essa música. Adorava!
Também assisti a programas na TV Cultura que tinha uma ótima programação infantil como por exemplo, Bambalalão, apresentado por Gigi e Silvana. Esse programa embalou a infância de muita gente!
Vila Sésamo que foi um verdadeiro furor na TV. Delícia de programa com personagens cativantes como Garilbaldo, Beto, Gugu, Funga-Funga.
TV Globinho com a ótima Paula Saldanha que informava e educava as crianças sobre diversos assuntos sérios.
Esses são apenas alguns que cito num universo imenso de bons programas. Com qualidade e respeito a inteligência da criança.
E agora, uma TV que jamais deveria de ter existido pois só tem em sua grade de programação o que de pior existe, sai com essa pérola para as nossas já tão desprestigiadas e sofridas crianças!
Coitadas! Principalmente por terem em sua grande maioria, pais irresponsáveis e desinformados que com certeza utilizarão e bastante dessa nova babá para tomar conta de seus infantes. O que será dessa geração?
Com a educação rolando ladeira abaixo, a TV para reforçar ainda vem com essa "qualidade" de programação e os pais se desviando da sua responsabilidade em educar suas crianças, olha, não que seja pessimista não mas antevejo um futuro nada brilhante para esses futuros adultos. Ou, por outro lado, talvez se dêem bem já que o país incentiva nossos jovens a serem jogadores de futebol, cantores de funk, sertanejo e celebridades relâmpagos. Enfim, por hora, ainda em total estado de choque, só posso lamentar por esse futuro. 
E dá-lhe frutas que a feira está tinindo!

Nenhum comentário: