quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Segredos de menina - eu tive os meus e você?


Como é bom quando terminamos de ler um livro e automaticamente um sorriso se esboça em nossa face!
Acabei de ler o primeiro romance escrito pela cartunista argentina Maitena Burundarena ou simplesmente Maitena, como ficou conhecida desde que escreveu a série Mulheres alteradas.
Já conhecia essa série e me diverti muito lendo eles. E conheci um outro lado da cartunista através desse romance que narra a vida de uma garota de doze anos e sua relação familiar e escolar.
Como se expressou a autora Rosa Montero, "...Com amor e humor Maitena narra a angústia sem angustiar, o excepcional como se fosse normal, em um tom comovente, hilariante, corrosivo e certeiro."
 E concordo com ela. Durante a leitura me peguei dando boas risadas no metrô, no ônibus pois as situações em que a garota protagonista se mete nas maiores enrascadas são bem engraçadas. Mas também me comovi muitas vezes com situações que me lembraram as que vivi em minha pré-adolescência.
Com nuances autobiográficas, Maitena nos leva a uma viagem deliciosa ao lado dessa garota, sua família, seus amigos e consegue nos fazer acompanhar as alegrias, angústias, descobertas de uma menina fazendo sua dolorida passagem para a vida adulta.
Fica aqui a minha dica de leitura.
Sinopse:
Ao mesmo tempo que descobre o mundo, a protagonista de 'Segredos de Menina' descobre a si mesma. Com doze anos, filha de uma família católica numerosa e de direita, vive num bairro de classe média e mudou de colégio quatro vezes em sete anos - e acha difícil que exista um mais chato que o atual. A única coisa que faz sentido em sua vida é ficar o dia todo na rua com os amigos. Enquanto o tempo passa, e ela não é mais tão menina, seguimos seus passos pela movimentada Buenos Aires dos anos setenta, entre a morte de Perón e a Copa do Mundo. A mãe depressiva, o pai ausente, as brigas entre os irmãos, o internato, a primeira vez, a experiência com alucinógenos - tudo vai desenhando o perfil dessa adolescente que se exila por vontade própria de seu colégio, de sua família e até de si mesma.

2 comentários:

Pedrita disse...

fiquei com muita vontade de ler. tb tive os meus segredos. beijos, pedrita

Georgia Aegerter disse...

Fiquei tao curiosa quanto a Pedrita...
Segredos? Quem nao os teve?

Hoje estou aqui, falando sobre festas infantis. Passe por lá para conhecer este blog.

http://casosecoisasdabonfa.blogspot.de/2013/09/a-diferenca-entre-as-festas-infantis-no.html

Bjos Georgia e um lindo fim de semana.