terça-feira, 15 de julho de 2014

O último amor de Mr. Morgan - um filme delicado

Hoje tive uma consulta odontológica e teria uma aula de pilates. Nesse meio tempo resolvi almoçar, depois me aventurei pelas compras e mesmo assim sobrava um tempo livre de quase três horas. O que fazer? - pensei comigo.
Tive a brilhante idéia de pegar um cinema pois além de passar as horas, me divertiria com a sétima arte que tanto amo.
Fui a uma sala do Reserva Cultural que sempre passa ótimos filmes, na sua maioria europeus.
Pelo horário optei pelo filme O último amor de Mr. Morgan. Filme em co-produção da Bélgica/Alemanha/França/EUA. Direção de Sandra Nettelbeck, com Michael Caine, Joan Alexander, Clémence Poésy, Justin Kirk e Gillian Anderson.

Sinopse: Por mais que more em Paris há bastante tempo, Matthew Morgan (Michael Caine) não conhece a língua local. Muito graças à sua esposa, Joan (Jane Alexander), que sempre foi sua intérprete pelas ruas da capital francesa. Entretanto, Joan faleceu há três anos e, desde então, Matthew vive triste e solitário, ocupando seu tempo com aulas de inglês ocasionais. Um dia, ele é ajudado no ônibus por Pauline (Clémence Poésy), uma simpática professora de dança. Não demora muito para que eles se tornem amigos, já que ela lembra a esposa de Matthew e ele lembra o pai de Pauline. Entretanto, tudo muda quando a tristeza fala mais alto e Matthew tenta o suicídio.

Apesar de algumas críticas que li, gostei demais desse filme. Boa história mostrando a depressão do homem idoso após a morte de sua companheira de uma vida inteira ao qual dedicou todo o seu amor. A difícil retomada da rotina, sua solidão, sua família - filhos distantes que moram nos EUA - e que não mantém uma relação muito boa. O nascimento de uma bonita relação. Não falarei mais para não tirar o gosto de ver pessoalmente. Vá! Michael Caine brilhante em mais um papel. Vale a pena!


2 comentários:

Pedrita disse...

fiquei interessada. beijos, pedrita

Roseli Pedroso disse...

Pedrita vá assistir. Tenho certeza que vai gostar.
Bj