sexta-feira, 18 de abril de 2008

Campanha "A Blogosfera Contra o Analfabetismo"

Nesse blog costumo sempre falar sobre música e literatura mas hoje em especial, quero falar um pouquinho sobre essa questão que tem causado muito incômodo em mim e em outras pessoas que lidam direto com essa problemática: o alto índice de analfabetismo no Brasil. Os dados estatísticos das últimas pesquisas são alarmantes. De acordo com matéria da Folha de S.Paulo, o Brasil ocupa a nona maior taxa de analfabetismo da América Latina. Esse dado é preocupante pois espelha uma realidade muito triste de nossa sociedade e de nossos jovens que, através do analfabetismo, vêem seu futuro comprometido pois se tornam marginalizados e sem condições de enfrentar um mercado de trabalho que está cada vez mais exigente. E esses jovens não são prejudicados somente nisso mas em outros aspectos também. Tornam-se privados de ler um bom livro, aprender novas coisas, interpretar um simples filme pois até nisso se tornam limitados, enfim, perdem a chance de fazer uma leitura da própria vida que os cercam.
Mesmo os que se encontram nas escolas atualmente, são limitados em suas leituras pois têm grandes dificuldades em interpretar o que lêem. Esses também terão dificuldades em suas vidas futuras.
O nosso país tem um potencial enorme para se tornar um país modelo não só para a América Latina mas também para o mundo. O que falta, sem dúvida é desenvolvermos uma política educacional com mais objetividade e seriedade. E isso não depende única e exclisivamente dos poderes e vontades políticas e sim, da sociedade. Nós, cidadãos comuns precisamos nos cosncientizarmos de ver da importância da educação e da formação de todos para melhorar outros aspectos sociais. Porisso, diante desse quadro, recebi um convite da Georgia, do blog
Saia Justa que me convidou para participar dessa campanha pela erradicação do analfabetismo no Brasil. Me aliei a ela e a outras pessoas que também tem blogs e estamos nos unindo para essa campanha que se intensifica no dia de hoje. 18 de Abril - Dia Nacional do Livro em homenagem ao aniversário do escritor Monteiro Lobato. Conto com a sensibilização de todos os meus amigos e demais pessoas que visitarem esse blog para disseminar essa campanha para outros blogs para que possamos crescer e levar a todos os cantos a importância desse projeto.

3 comentários:

Paloma Ayres disse...

Pois é,Rô...temos que combater esse câncer do nosso país.

Ótima iniciativa!

Beijos!
Paloma Ayres.

Georgia disse...

Você é uma pessoa de muita esperanca no futuro educacional. O que eu a parabenizo e acho ótimo que você nao deixou essa semente da esperanca morrer dentro de você.
Você é o tipo de pessoa que acredita na capacidade do ser humano.

Muito obrigada por sua participacao.

Beijao

Rudi Santos disse...

Mais alarmante, porque o número é bem maior se soubermos identificar, é o número de analfabetos funcionais que nos rondam. muitos alunos de uma escola particular como a em que eu trabalho ainda sofrem deste mal . Não é uma boa escola que garante que o analfabetismo funcional não se instale na criança. é a vigilancia dos pais para o sentido que a criança possa roubar de um texto ou construir a partir das letras, é a atenção de um bibliotecario, que é bicho em extinção nas escolas, e a de um professor que é bicho maltratado e mal pago. Só esforços conjuntos farão de nossas crianças alfabetizadas crianças que passem do primeiro estagio da leitura das coisas para o segundo , que é a construção de sentidos e para o terceiro que é a critica e o posicionamento quanto a uma informação recebida. Sempre vejo por aqui na biblioteca crianças que leem mal em voz alta, tropeçam o tempo todo e não sabem dizer o que leram nem depois de uma leitura silenciosa. Devemos estar atentos a isto também pois o analfabetismo tem cura na curiosidade do portador mas o analfabetismo funcional nasce da apatia á construção de sentido e da incapacidade dos educadores de verem o fundo de olho do paciente.