quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Tudo o que Fernando Pessoa leu chega à web

(Notícia retirada do Publishnews, 26/10/2010)

Achei essa notícia o máximo pois como descobri Fernando Pessoa a pouco tempo, tudo o que sai sobre ele me interessa. Como a boa literatura sempre vale a pena conhecer, eis minha sugestão.

Conhecer o que lia Fernando Pessoa, as anotações que fazia nos seus livros, como ideias para poemas surgiam durante suas leituras. Agora, isso vai ser possível a qualquer pessoa: já está disponível na internet a biblioteca digital do poeta português, no site da casa-museu dedicada a ele. Os livros são os que acompanharam o poeta desde a adolescência - na época em que ele ainda morava na África do Sul. "O livro mais antigo é do século 19, quando Pessoa tinha 12 a 14 anos. São livros que vão desde essa época até sua morte, com 47 anos", conta o professor Jerônimo Pizarro, responsável pelo trabalho. O último livro foi parar na biblioteca do escritor em outubro de 1935, um mês antes de sua morte. No total, o espólio de Fernando Pessoa que está na casa-museu reúne 1.312 títulos. No entanto, apenas pouco mais de 1.100 estarão disponíveis para consulta.

2 comentários:

Daniel Savio disse...

Interessante a idéia, mas ainda é necessário trabalhar na base para que os jovens se interessem pela leitura...

Ainda penso que a educação seja um setor que não recebe incentivos a altura.

Fique com Deus, menina Roseli Pedroso.
Um abraço.

Bruno Negromonte disse...

Rosely, amo Fernando Pessoa, principalmente quando este assumia o heterônimo Álvaro de Campos.
Poema em linha reta é um dos mais belos poemas que já vi... principalmente pela veracidade de cada linha escrita.
Amo também a Florbela Espanca.