terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Sentimento nebuloso

A noite escurece minh'alma descendo feito neblina
Anuviando e embaçando minha condição de discernir o real do ilusório
Um quê de loucura se apossa de mim
Busco a lucidez e quanto mais corro ao seu encontro, menos a alcanço
Uma louca vontade de gritar todo esse sofrimento me invade
Ao mesmo tempo, mantenho o desejo de tê-lo só para mim

3 comentários:

Daniel Savio disse...

Mas sofrimento nunca é bom rete-lo, mesmo que isto faça deixar para um tempo bom...

Fique com Deus, menina Roseli Pedroso.
Um abraço.

Ká Moraes disse...

Saudade do teu canto. Lindo post.
Beijo!

Elvira disse...

Oi Roseli.

Desejo a você e à sua família um Natal cheio de paz e de alegria.

Bjs.
Elvira