terça-feira, 8 de março de 2011

Parabéns mulher!

(imagem retirada do Google imagem)


Hoje comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Adoro ser mulher. Mesmo com todas as dificuldades, mesmo com todas as decepções que o mundo me trouxe, mesmo ainda tendo o salário menor do que mereço. As conquistas que a mulher obteve nos últimos tempos é digno de comemoração mesmo. No entanto, faço algumas ressalvas sobre a postura da maioria das mulheres no mundo ocidental. Em primeiro lugar, respeite-se mulher e respeite sua colega, amiga, conhecida e desconhecida. Enxergue nela uma aliada e não uma rival. Conheça-se em primeiro lugar. O nosso aprendizado baseia-se fundamentalmente no auto conhecimento. Tenho dado algumas cabeçadas ao longo de minha vida e tenho aprendido a duras penas que tem de ser eu, em primeiro lugar. Só assim poderei esticar meus braços e ajudar quem precisar. Se não estiver bom pra mim, não serve.
Cansei de somente agradar aos outros e me violentar diariamente. Jurei a mim mesma não mais aceitar migalhas ou até mesmo restos de relacionamento só para não ficar sozinha. Se não houver entrega total do companheiro e respeito pela minha pessoa acima de tudo, pode me esquecer. Não quero nem para saciar minha fome de amor. Fico no jejum. É mais saudável que aceitar migalhas e passar mal depois. Agora um recado especial para os homens que tanto amo:
Homem respeitem a mulher seja ela como for e quem for. Se não podem dar amor, carinho, atenção e respeito a elas, nem se aproximem. Não vendam aquilo que não podem entregar depois. Não brinquem com sentimentos femininos. Vocês não fazem ideia do estrago que causam quando agem assim. Pensem antes de ferir um coração que só quer dar amor.
Uma coisa tem me preocupado muito nos últimos tempos. A constatação do aumento da violência contra a mulher. Isso me leva a refletir que na verdade, não saímos ainda da estaca zero. Me faz pensar que só nos iludimos mas que na realidade, ainda somos vítimas do homem que ainda se nega a evoluir. Continua pensando como seus antecedentes primitivos. Mas ao mesmo tempo sei que uma parcela grande dos homens já pensam diferente e que esses que ainda agem assim encontram-se em menor número. Mas também não vim aqui para chorar pitangas nem malhar os homens. Não mesmo. Longe de mim pois os respeito acima de tudo.
Só desejo um dia acordar para um mundo mais justo em que homens e mulheres convivam de forma harmoniosa, amando-se e respeitando-se. É sonhar demais? Pode ser mas ainda acredito que esse dia chegará. Enquanto esse dia não chega, Feliz Dia Internacional da Mulher! E vamos tratar de dar uma empoada no rosto, escovar os cabelos, deixá-los brilhosos, passar um batom, subir encima do salto e sair distribuindo alegria, beleza e leveza feminina. O mundo precisa disso mais do que nunca.

3 comentários:

Ana Santos disse...

Roseli,
Belissimo texto! INfelizmente, alguns homens jamais aprenderão, vão continuar brincando com nossos sentimentos. Não entendo o porque, se por não conseguirmos dizer NÃO, impor limites as crueldades, ou se pq eles simplesmente ignoram o valor de sentimentos verdadeiros.
Um beijo e parabéns pelo texto e pelo dia!!

Pedrita disse...

feliz dia das mulheres pra vc tb, eu igualmente adoro ser mulher. muitas mulheres no brasil são machistas. qd um homem a trai ela briga com a mulher, mas era o homem que tinha um compromisso. eu tb quero uma relação equilibrada. homens machistas estão fora do meu repertório. e no brasil infelizmente é raro homens q não sejam machistas. eu não acho q tenha aumentado a violência contra a mulher, acho q hj se fala mais nisso e as mulheres não se silenciam tanto. beijos, pedrita

Georgia disse...

Roseli, lindo o teu texto, real, amargo em alguns trechos, mas infelizmente é assim o homem brasileiro em sua maioria. Fico aqui pensando qtos homens alemaes estoa sozinhos, envelhecendo sem terem conhecido uma mulher de verdade como sao muitas brasileiras como vc. Mas o mundo tb tem coisas belíssimas. Mas dátrabalho achá-las. Gostei demais desse teu trecho aqui:

"Cansei de somente agradar aos outros e me violentar diariamente. Jurei a mim mesma não mais aceitar migalhas ou até mesmo restos de relacionamento só para não ficar sozinha. Se não houver entrega total do companheiro e respeito pela minha pessoa acima de tudo, pode me esquecer. Não quero nem para saciar minha fome de amor. Fico no jejum. É mais saudável que aceitar migalhas e passar mal depois."

Goste primeiro de você é o primeiro passo para deixar muitas coisas claras na tua vida.

Um grde beijo e obrigada por tua amizade.