sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Xô preguiça! Vamos começar o ano pra valer!

Chega de preguiça! É isso que venho falando pra mim mesma desde que o ano começou. E olha que já estamos chegando ao término da primeira semana de 2012. Hoje mesmo, foi um dia atípico pra mim. Simplesmente enrolei o dia inteiro sem vontade nem disposição alguma pra trabalhar. E olha que estou de serviço até as tampas. Mas me dei de presente o dia de hoje. Só que agora vamos chacoalhar a roupa, levantar e se mexer que o ano promete! Uma das minhas resoluções é retomar minha vida cultural que no ano de 2011 ficou bem parada. E, pra iniciar o ano, em fevereiro já tenho garantido o meu ingresso pro show de lançamento do novo trabalho de Pedro Mariano. Uau! Já estou em cólicas pois adoro esse cantor e esperava ansiosa por um novo trabalho dele. E gosto demais de seus shows. espero não parar por aí não! Quero que o ano seja regado a muita música pois sem ela a vida fica muito sem graça. Desejo também retomar minhas idas a peças de teatro pois sempre gostei de dramaturgia. A vida cultural da cidade está sempre bombando e só não participa quem não quer mesmo afinal tem pra todos os bolsos e gostos. Então, é só deixar a preguiça e seguir em frente. A escrita é outra resolução firmada e sacramentada para esse ano. Talvez até mesmo pelo cansaço, estava paradona tanto nos blogues quando em meus exercícios literários. Até mesmo na leitura estava devagar quase parando. mas também já retomei e no momento estou lendo/devorando/me divertindo bastante a série A Mediadora, de Meg Cabot com o pseudônimo de Jenny Caroll. Estou no momento lendo A hora mais sombria e está demais. Numa postagem dedicada a ela falarei minhas impressões. Ainda estou lendo em doses homeopáticas o livro do Caio Fernando Abreu. Digo que estou lendo bem devagar pois sua leitura exige mais de você: reflexão, atenção e, como andava dispersa, decidi ler bem aos poucos mas em breve termino e também farei uma postagem dedicada a ele.
Gentem!! Minhas decisões para esse ano foram tão bem pensadas e decididas que no final de ano tomei a decisão de consertar meus dentinhos tortos e estou de aparelho! Affê!! Dureza fazer isso quase aos cinquenta mas como nunca é tarde pra se cuidar, bora que atrás vem gente. Chegarei aos sessenta com lindas dentarias, kkk. E como podem constatar, meu humor anda em alta e pretendo mantê-lo durante o ano todo. Isso é muito bom, faz bem a alma e a pele além de também contagiar a todos que nos cercam. Rir, ainda é o melhor remédio pra muitos dos males que nos afligem. Portanto, não economizem. Riam muito, riam de tudo até mesmo de suas desgraças. É meu conselho para o ano de 2012. Vamos deixar o pessimismo de lado e vestir um belo sorriso e seguir em frente. E assim termino minha postagem e inicio meu ano. Com muita vontade, muita garra e alegria e amor pela vida. Aproveito pra fazer um convite a todos para que se juntem a mim e façamos um ano melhor. Não tenho queixas de 2011 mas se podemos fazer melhor, por que não?

5 comentários:

Pedrita disse...

eu tb estou devagar, mas aqui isso está sem problemas, só não vou poder continuar assim semana q vem. estou lendo tb a conta gotas luz em agosto do faulkner, apesar de estar gostando. até isso está devagar. beijos, pedrita

Luis Felipe Lauletta disse...

Oi Rosi!

Bela recomendação! A capacidade de rir na desgraça é para poucos, mas é bastante recompensadora.

Quanto à vida cultural, espero que você consiga manter sua promessa de fazê-la mais dinâmica. Morar em São Paulo e não aproveitar toda a efervescência cultural da cidade é um crime!

Beijo e bom início de ano :-)

glaubti disse...

É isso aí, Roseli, vamos nos exceder em 2012! bjs

Selma disse...

Roseli, feliz 2012!
sugiro começar bem assistindo ao documentário Canções, de Eduardo Coutinho. Sim-ples-men-te lin-doooo!!!

Georgia disse...

Roseli, tb fiquei alguns dias de molho, mas com 2 crs em casa a preguica nao demora muito nao por aqui.

Bjao