terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Momento teen

(Imagem tirada do Google Imagem)

- Luca! Você me pertence! - gritou Juju pulando no pescoço do jovem.
- Ei! Pára com isso menina! Que eu não pertenço nem a mim mesmo! - disse retirando os braços enlaçados da garota que o olhava espantada.
O brilho do olhar de Juju apagou-se como se tivessem desligado o desjuntor de seu ser.
- Puxa!... pensei que gostasse de mim tanto quanto eu de você Luca...- falou de forma quase inaudita.
- Guria! Gosto. E muito...mas por favor, esse negócio de pertencer fala sério! Não sou mercadoria muito menos objeto pra pertencer a quem quer que seja. Aprenda isso e leve com você: ninguém pertence a ninguém. Se gostamos de alguém, optamos por ficar com ela. Não porque pertencemos a ela. Entende? O carinho, o amor não deve ser corrente que prenda as pessoas. Muito pelo contrário. O amor deve libertar...li isso em algum lugar. Não me lembro onde.
- Também, tinha de me apaixonar por um nerd que vive lendo livros! Dá nisso né? Filosofa o tempo todo.
- Tá reclamando procura um atleta bonitão, cheio de músculo e zero de cérebro. Garanto que nunca mais vai ouvir tiradas filosóficas. E falando isso foi caminhando em direção ao portão da escola onde estudavam deixando para trás, uma Juju sem reação.

Nenhum comentário: