domingo, 3 de junho de 2012

Oswaldo Montenegro em Osasco - sexta-feira com boa música

Minha vida de shows andava em baixa devido a outros compromissos que tenho tido. Chego a ficar agoniada pois vejo tantos shows bons na cidade acontecendo e eu fora deles. Um que aconteceu essa semana e que me deixou triste pois queria muito assistir foi do cantor Oswaldo Montenegro.
Acompanho sua carreira desde que ele se apresentou naquele festival da música popular brasileira e defendeu a canção Bandolins. Que coisa mais linda! Fiquei inebriada com sua apresentação, sua voz, a letra da música. A partir dali, virei fã. Tenho vários LPs, DVDs, CDs. Não canso de ouvir seu trabalho. Assisti os musicais Noturno mais de uma vez e Leo e Bia e sempre recomendo. Voltando aos shows. Ouvi várias vezes na rádio Nova Brasil sobre seu show no teatro Abril e a vontade era grande mas não deu pra ir. Qual não foi a minha surpresa quando segunda feira estando no ponto de ônibus pra vir trabalhar, eis que olho para o outro lado da rua e vejo uma faixa enorme anunciando o show de quem? Nada mais, nada menos do que o show de Oswaldo Montenegro em Osasco! E num local bem pertinho de casa! Pirei! Não pensei duas vezes e já comprei meus ingressos. Pra mim e pra minha irmã que também é super fã dele. Ai, fui pro céu de tanta alegria!
Sexta-feira. Volto pra casa do trabalho. Me apronto para o show e sigo para o Centro de Eventos Pedro Bortolosso. Não conhecia ainda esse local. Apesar de ter nascido em Osasco e passado minha vid inteira aqui, compareço quase que apenas para dormir. Local com um espaço bom, bem localizado. Ao chegar a entrada vejo uma pequena fila de pessoas que ali se encontravam para o show. Como comprei meu ingresso pela web, preciso trocar o voucher que recebi pelo correio. Aqui começa minha dor de cabeça. Uma equipe totalmente desorganizada e desinformada para atender a todos. A fila cresce a olhos vistos e as moçoilas nada sabem fazer para agilizar o atendimento de todos. Meu voucher não trazia a numeração de onde deveria ficar. Vi que mais pessoas que se encontravam ali e que tinham comprado pela web também estavam com esse problema. Fomos enviados para o lado oposto da fila para que outras pessoas nos atendesse. O tempo passava, ninguém nos atendia, a fila aumentava assim como aumentava também a irritação das pessoas. Depois de muito estresse e resolvido finalmente a charada de nossos lugares, entramos. Por sorte pegamos um local ótimo bem de frente pro palco.
Demora. As pessoas ainda se encontravam lá fora por incompetência da equipe (des)organizadora. Quando finalmente anunciam o inicio do show, entra um grupo instrumental Aum para abrir o show de Montenegro. Grupo de excelente musicalidade. Tocaram algumas canções que realmente encantaram quem estava presente. Anunciam uma cantora Denize Meira. Começou novamente minha dor de cabeça. Não costumo descer a lenha nas pessoas mas francamente, essa cantora teve uma péssima apresentação. Seus trinados excessivos doiam nos ouvidos e pouco a pouca a plateia começou a se irritar pois ela se estendeu demais. Estávamos lá para ver o Oswaldo Montenegro e não aquela desconhecida que se intitulava cantora.
Confesso que foi sofrível. Finalmente anunciaram a entrada de Oswaldo Montenegro. E assim, finalmente a noite começou. Não só para mim mas para todos que ali estavam.
Masi uma vez, Oswaldo ao lado de sua inseparável parceira Madalena nos encantou. Oswaldo com sua voz e carisma e Madalena com sua flauta mágica. Apesar dos pesares, a noite valeu!
Deixo aqui uma das minhas canções favoritas: Travessuras

Um comentário:

Georgia disse...

Nossa, como ele envelheceu. Mas continua charmoso.


Ro, sabe o que a gente mais se lembra de um bom show? É que para assistí-lo ficamos horas na fila, rs.

Grande beijo