sábado, 10 de novembro de 2012

Finalmente libertei um livro!



Dia 08 sai por volta das 11h30 para almoçar e levei o livro que decidi libertar comigo. Após almoçar, fui até o Parque Trianon e busquei um local para deixar o livro. Caminhei por várias alamedas existentes por lá até que decidi em qual banco o livro repousaria aguardando seu novo dono. Foi engraçado. Observei um senhor idoso sentado próximo que ficou o tempo todo me olhando disfarçadamente. Me viu tirar algumas fotos do livro no banco. Depois que tirei as fotos, levantei e andei por mais algumas alamedas e decidi deixar o livro próximo a um grupo de estudantes que faziam uma encenação alí perto.
Ao virar pra ir embora, qual não foi minha surpresa ao deparar com o senhor idoso que tinha visto antes. Danadinho! Ele me seguiu! Talvez movido pela curiosidade em ver o que estava fazendo. Se bobear, foi ele quem pegou o livro. Fui embora do parque semolhar para trás. Sentindo que havia cumprido minha missão. E voltei para ocolégio tranquila e feliz! Durante a semana vou deixar mais alguns títulos por aí.


Esse texto faz parte da corrente 5º Bookcrossing Blogueiro promovido pela Luma Rosa do blogue Luz de Luma




13 comentários:

glaubti disse...

Legal Roseli!!! Eu também libertei dois na quinta-feira.
Gláuber Soares

Bruxa do 203 disse...

Adoro participar do BookCrossing, mas morro de medo de ser "descoberta". rsrs

Ana Paula disse...

No bookcrossing passado eu libertei exatamente em um banco do parque Trianon!
Será que foi o senhor que pegou?!
Não importa. Importa é que seja lido e tomara viaje ainda mais.
beijo

Luciana Souza disse...

Oi Roseli
Muito legal essa iniciativa né? Eu ainda não libertei os meus livros, mas já fiz o meu post mostrando quais vou libertar. Se vc libertou no Parque Trianon, vc mora na Capital, eu moro em Itanhaém, litoral Sul, é bem perto, meu filho estuda na Escola de Música perto do Teatro Municipal.
Gostei do seu blog, já estou te seguindo.
Bjos. Fique com Deus!
http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

deise disse...

Eu adorei essa ideia de libertar os livros... Sabe, sou bibliotecária e, geralmente as pessoas me vêem como guardadora de livros, e confesso, que muitas vezes fico triste quando algum deixa de retornar... mas faz parte do trabalho. Agora vou tentar libertar os meus.

Luma Rosa disse...

Roseli, acho que esse senhor fica esperando alguma libertação de livros - um parque é um lugar propício e muita gente espontaneamente liberta livros. Vê a Ana Paula? Ela também libertou livros ali... obrigada por participar mais uma vez do bookcrossing blogueiro. Vamos semeando... beijus,

Roseli Pedroso disse...

Oi Gláuber é muito legal participar desse evento não?

Roseli Pedroso disse...

Oi Bruxa! Que bom receber você por aqui! Da primeira vez que participei também tive medo. Engraçado essa sensação não é? Apareça sempre por aqui. Bjs

Roseli Pedroso disse...

Oi Ana! Acho que o Trianon já virou rota para o BookCrossing, kkk
Já fiquei sabendo de mais pessoas que deixaram por lá.
Bjs

Roseli Pedroso disse...

Oi Luciana! Bem vinda a esse meu espaço. Fico feliz que tenha gostado. Apareça sempre. E vou conhecer seu blog também.
Bjs

Roseli Pedroso disse...

Oi Deise sabemos muito bem como temos ciúmes de nossos livros da biblioteca não? Mas adoro participar do BookCrossing! Tomei gosto!
Bjs

Roseli Pedroso disse...

Oi Luma! Acho que sim viu! O sinhorzinho está curtindo todos os livros espalhados por lá, rsrs
Bjs

RUTE disse...

Oi Roseli,
adorei o nome do livro! Comprometida foi como eu me senti em toda esta aventura de libertar um livro.
Que pena a gente não saber onde para o livro agora né!? Seria tão bom se as pessoas nos contatassem no blog e falassem: fui que achei o livro. Bela iniciativa!
Beijinhos.
Rute