domingo, 22 de junho de 2014

Plural - espaço para o escritor contemporâneo

Para quem gosta de ler revistas literárias, aqui vai uma dica muito legal. Revista Plural. Nela podemos adentrar diversos universos literários. Artigos,contos, crônicas, poemas. Na edição de maio, faço uma participação com um conto meu. É minha segunda participação. O que me deixa muito orgulhosa pois estou ao lado de uma galera pra lá de talentosa. Venha conhecer!






Breve histórico

Revista Literária Plural - é uma revista literária que promove o encontro entre artistas e arteiros – que visa partir do objeto singular (o autor) para alcançar o objeto plural (o leitor)como se fossem sementes espalhadas pelo chão em plena primavera… Logo, é como acreditar que cada olhar é um pássaro a espalhar o singular que parte de seus autores, fundadores, residentes e colaboradores e suas “escrivinhações”: poemas, contos, artigos, crônicas, resenhas e cartas…

 A história 
Essa é a segunda vez que Lunna Guedes se aventura pela arte de produzir uma revista alternativa – partindo do formato artesanal –, sempre com o objetivo de fazer desse elemento impresso ou virtual uma espécie de território de convívio comum para as letras.

 Na primeira ocasião, a Revista Perspectivas foi criada para ser breve – quatro edições apenas onde muitos elementos se embrenharam a partir da proposta – remover o individuo de sua condição de conforto através de uma escrita aguda, pouco silenciosa.

Em seguida, surgiu o projeto Mostra Plural que teve quatro publicações no ano de 2012. Tudo em caráter experimental, sem idéias prontas ou formatos definidos. Em 2013 o projeto passou a ser apenas Plural – mas o caráter experimental permaneceu...
A revista conta hoje com colunistas fixos: Ana Claudia Marques, Luciana Nepomuceno, Raquel Stanick, Suzana Guimarães, Tatiana Kielberman, Tha Lopes… Além das participações de escritores sempre interessados em fazer desse cenário um horizonte para os olhos.
 Se desejar pode acompanhar a revista através do blog Plural

4 comentários:

Pedrita disse...

bacana. beijos, pedrita

João disse...

Muito interessante! Roseli, pensas publicar o conto aqui no teu blog?
Beijinhos

http://virgulasdodestino.blogspot.pt/

Roseli Pedroso disse...

Obrigada Pedrita!
Bj

Roseli Pedroso disse...

Oi João, se acessar na edição abaixo da imagem a revista se abre. Mas já publiquei o conto também num outro blog que tenho. Acesse aqui:
http://sacudindoasideias.wordpress.com/2013/05/28/missiva-a-um-amor-que-ja-nao-existe/
Bjs